P.O. BOX 116 / CP 2874 - 908
MONTIJO - PORTUGAL

Entrada
Origem - História
Percurso da CB
Certificado de Registo
Rádios homologados
Material Disponivel

Dicas sobre :

Rádios
Serviço Rádio CB
Antenas
Fontes de alimentação
Cabo coaxial
Considerações finais

Abreviaturas Cebeístas
Códigos "Q" "RST" e "N.º"
Códigos "10"

Guia Prático :

Características Emissores-Receptores CB
Potência de emissão
Tipos de modulação
Instrumentos de regulação
Os acessórios
Como instalar um rádio CB em móvel

Canais e Frequências
Canais gerais
Biografia do Operador
Linguagem da CB - Termos

Esquemas :

Acoplador de antena
Micro com ganho
Roger beep
Antena > Quadra cúbica
Antena > Passo em frente

Canais Específicos
Legislação DL 47/2000
Legislação GERAL

Normas sobre DX :

Nota breve
Cartilha DX´ista
Software para saber propagação
Alfabeto fonético
Código Morse
Cuidados indispensáveis
QSL´s

Avarias mais comuns
O Tráfego CB - Cartilha
A História de uma QSL
Oração do Cebeísta
Publicações úteis - I
Publicações úteis - II

Contacto

Click for Montijo, Portugal Forecast
CIDADE - MONTIJO
 
DICAS SOBRE

Fontes de alimentação :

Uma fonte de alimentação é um aparelho constituído por 4 blocos de componentes eléctricos que são :

  • Transformador de força (que aumenta ou reduz a tensão)

  • Circuito rectificador

  • Filtro capacitivo e/ou indutivo

  • Regulador de tensão.

  • Uma fonte de alimentação é usada para transformar a energia eléctrica sob a forma de corrente alternada (AVC) da rede em uma energia elétrica de corrente contínua, mais adequada para alimentar cargas que precisem de energia DCV (corrente contínua).

  • Numa fonte de alimentação do tipo linear, a tensão alternada da rede eléctrica é aumentada ou reduzida por um transformador, rectificada por diodos ou ponte de diodos rectificadores para que somente os ciclos positivos ou os negativos possam ser usados, a seguir estes são filtrados para reduzir o ripple (ondulação) e finalmente regulados pelo circuito regulador de tensão .

Um outro tipo de fonte de alimentação é a chamada fonte chaveada, onde se alimenta com tensão CA uma etapa rectificadora (de alta ou baixa tensão), filtra-se através de capacitores e a tensão resultante é "chaveada" ou comutada (transformada em tensão CA de alta frequência) utilizando-se transistores de potência.

Essa energia "chaveada" é passada por um transformador (para elevar ou reduzir a tensão) e finalmente rectificada e filtrada.

A regulação ocorre devido a um circuito de controle com realimentação que de acordo com a tensão de saída altera o ciclo de condução do sinal de chaveamento, ajustando a tensão de saída para um valor desejado e pré definido.

A vantagem é que o rendimento de potência é maior e a perda por geração de calor bem menor do que nas fontes lineares.

Além disso necessita de transformadores menores e mais leves.

A desvantagem é a emissão de ruídos e radiação de alta frequência devido à alta frequência de chaveamento.

  • A fonte é a parte da estação responsável pela alimentação do rádio.

  • Para alimentar um rádio da banda do cidadão é necessário que a fonte forneça uma corrente de 12,0 à 13,8 volts, alimentação menor que 12,0 volts, será insuficiente, e maior que 13,8 volts, poderá ocasionar a queima do rádio.

Antes de comprar uma fonte você deve fazer as seguintes avaliações :

  • Verifique a potência da fonte (geralmente medida em ampéres)

  • Verifique o consumo em ampéres do rádio
    Uma fonte não compatível (
    potência menor que o consumo do rádio), causa roncos, zumbidos etc. em sua modulação, podendo dificultar a seus contactos.

  • Veja se a fonte é refrigerada com dissipadores de calor, que desta forma não permitirá que ela apresente problemas quando ficar quente por um longo tempo de uso.

  • Procure saber se a fonte é estabilizada.

  • Quando for ligar o rádio na fonte, fique atento à polarização, esteja certo de ligar o positivo da fonte no positivo do rádio e o negativo da fonte no negativo do rádio, ligação invertida ocasionará a queima do rádio